ukulele de 8 cordas

Ukulele de 8 cordas: quais as diferenças para o ukulele tradicional?

O ukulele de 8 cordas é, provavelmente, o mais diferente que já avistamos por aqui no Como Tocar Ukulele. E olha que a gente já viu ukulele triangular, de plástico, colorido… ukulele de todos os tipos.

Isso porque os ukuleles tradicionais têm apenas 4 cordas. Então, qual a diferença de um ukulele de 8 cordas? O que muda no som ou no jeito de tocar? Como afinar um ukulele com 8 cordas?

É sobre isso que vamos falar hoje. Você também pode assistir ao vídeo que está aqui embaixo para aprender mais sobre o ukulele de 8 cordas.

Quais as diferenças do ukulele de 8 cordas para o tradicional?

O ukulele de 8 cordas, também conhecido como “Lili’u VIII”, foi desenvolvido em 1976 por Sam Kamaka (um lendário fabricante de ukulele) em comemoração aos 200 anos dos Estados Unidos da América. Geralmente, ele é vendido em tamanho tenor.

Veja 5 diferenças em relação ao uke tradicional:

1.      Afinação

Bom, a verdade é que a afinação do ukulele não muda muito se ele tiver 8 ou 4 cordas. Ambos têm a afinação GCEA (Sol, Dó, Mi, La).

Porém, no ukulele de 8 cordas, elas ficam agrupadas em pares, ou seja, você tem duas cordas Sol (Low G e High G), duas Dó, duas Mi e duas Lá.

A principal diferença é que a afinação de uma dessas cordas de mesma nota está um oitavo acima da outra, o que chamamos de “oitavada”. Ou seja, uma delas é um pouco mais aguda. Bom, pelo menos quando falamos nas cordas de cima, Sol e Dó.

Já no caso das cordas Mi e Lá, as duas são iguais e estão na mesma frequência, o que chamamos de “uníssono”.

A grande questão do ukulele de 8 cordas é que essa “duplicidade” nas cordas faz com que o som fique diferente, mais cheio e intenso, parecido com um bandolim. A sensação é que o instrumento ocupa mais o espaço. Assista ao vídeo acima que você vai entender o que estamos falando.

Veja também: Como afinar ukulele?

2.      Acordes

Ok, a afinação está praticamente igual, mas, com esse tanto de corda, a forma de fazer os acordes muda?

E a resposta é: não! Você toca da mesma forma. Em vez de apertar uma só corda Sol, para fazer um acorde, por exemplo, você vai apertar o par de cordas Sol e segue o baile! Basta considerar cada par como se fosse uma só corda.

O mesmo vale para a batida, que deve ser feita da mesma maneira que no ukulele de quatro cordas.

3.      Ritmo

Outra dúvida comum sobre esse tipo de ukulele é se pode tocar qualquer tipo de música nesse instrumento. E adivinha: a resposta aqui também é sim.

É claro que tudo vai depender do seu gosto musical, mas todos os ritmos se encaixam no ukulele de 8 cordas.

4.      Dedilhado

E se você está se questionando como fica o dedilhado no ukulele com 8 cordas, pode ficar tranquilo que você pode fazer da mesma maneira que no ukulele tradicional.

O dedilhado que chamamos de “acompanhamento”, aquele que é a base da música e pode substituir a batida, não só pode ser feito nesse ukulele, como fica com um som muito legal.

5.      Fingerstyle

Já os arranjos fingerstyle, aqueles dedilhados que você faz o “ukulele cantar”, nós julgamos que não fica tão interessante no ukulele de 8 cordas como no de 4. Mas o melhor mesmo é você tirar suas próprias conclusões.

Ukulele de 8 cordas é recomendado para iniciantes?

Nós acreditamos que quem está começando vai se beneficiar mais de um ukulele de quatro cordas. Será mais fácil de aprender a fazer as batidas, os dedilhados e acordes.

Depois que você dominar o instrumento e estiver se sentindo aventureiro, pode se arriscar nesse tipo diferentão.

O ukulele de 8 cordas é recomendado para quem quer tocar de uma forma diferente, com mais estilo e potência.

Se você quer continuar aprendendo sobre ukulele, não deixe de conferir nosso blog e canal do YouTube.

E para trocar mais conhecimento sobre ukulele, participar de nossos cursos, saraus, luaus, sorteios e se aprofundar no universo desse instrumento, conheça o Clube do Ukulele.

O clube é nossa comunidade que reúne milhares de amantes do instrumento. Acesse o link e saiba mais!

clube do ukulele ebook
Clube do Ukulele

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima