Benefícios da música para o cérebro

Benefícios da música para o cérebro: Impactos de aprender um instrumento

Você já viu por aqui os pontos positivos de aprender a tocar ukulele para a sua vida. Mas, quais os benefícios da música para o cérebro, de maneira geral? Quais os impactos que aprender um instrumento musical causa na nossa mente?

Será que nós ficamos mais inteligentes, mais concentrados, o que acontece, de fato, na estrutura cerebral quando tocamos uma música?

É sobre isso que a gente vai falar hoje. Olha só 4 benefícios do aprendizado de um instrumento musical no seu cérebro:

Impactos de aprender um instrumento musical no cérebro

Já é comprovado que a música e suas ondas sonoras afetam o cérebro de forma positiva, alterando sua estrutura e a função em diferentes regiões do órgão e do sistema nervoso.

Ao escutar uma música, os neurônios têm reações sensoriais que podem te deixar alegre, calmo, agitado, dentre muitas outras sensações.

Mas aprender um instrumento musical tem ainda mais ganhos. Afinal, ele mistura os benefícios da música com os do aprendizado. Aprender a tocar promove a plasticidade neural ou neuronal, que são alterações nas células cerebrais e neurônios. Essa plasticidade está ligada à capacidade dos neurônios de criar novas conexões a cada momento.

Quanto mais estimulado o cérebro, maior será a flexibilidade do sistema nervoso central para se adequar a determinadas tarefas e condições. Veja só na prática os benefícios que essa ação traz.

4 benefícios da música para o cérebro: por que aprender um instrumento?

Ao longo dos anos, cientistas e pesquisadores têm estudado os benefícios da música para o cérebro, com testes práticos. As descobertas são interessantes, confira os efeitos percebidos:

1.      Sentidos aguçados

Um estudo realizado na Universidade de Québec testou um grupo de pessoas que passaram por treinamentos musicais e outro de pessoas que não sabiam tocar um instrumento.

Os participantes da pesquisa precisavam usar o toque e a escuta ao mesmo tempo, para testar os efeitos da música no cérebro no campo multissensorial. Eles recebiam informações táteis e auditivas e precisavam reagir a elas simultaneamente.

O resultado foi que pessoas que sabiam tocar música conseguiram detectar melhor e discriminar as informações auditivas das táteis, o que mostrou que os sentidos e os reflexos ficaram mais aguçados.

Para pessoas com deficiências sensoriais, a música pode, com isso, ser uma ótima aliada.

2.      Facilita o aprendizado

 benefícios da música para o cérebro

Outra pesquisa feita no laboratório State Key de Neurociência Cognitiva e Aprendizado da Universidade Normal de Pequim, na China, mostrou que a música ajuda na nossa capacidade de aprender. Principalmente se começar a tocar ou estudar música desde cedo.

O estudo avaliou 48 adultos entre 19 e 21 anos que estudaram música entre seus três e 15 anos de idade.

Para quem começou a estudar música antes dos 7, houve maior mudança na estrutura do córtex, em comparação com as demais. Seu volume cerebral era maior, sobretudo nas áreas relacionadas à escuta e à autoconsciência – que interferem, por exemplo, na capacidade de aprender línguas e executar funções executivas.

3.      Mente mais criativa e ágil

Dentre os benefícios da música para o cérebro, está também o aumento do poder de improvisação e criatividade.

E trazemos mais uma pesquisa, esta feita em Estocolmo, na Suécia. O estudo avaliou 39 pianistas, por meio de uma ressonância magnética no cérebro. As pessoas com mais experiência no piano tiveram alterações no córtex e mostraram ter um processo de criação mais rápido, automático e feito com menos esforço.

Basicamente, treinar música é treinar o cérebro.

4.     Benefícios da música para o cérebro: Melhora da memória

E se entre os benefícios da música para o cérebro você fica mais criativo, esperto, consegue aprender mais facilmente e fica com os sentidos aguçados, há ainda um efeito muito importante: a maior capacidade de memorização.

Pense bem, ao tocar um instrumento musical você precisa decorar acordes, batidas, letras de música, ritmos e outros. Ao exercitar a memória, você amplia sua potência.

Dois estudos feitos no Japão e nos Estados Unidos mostraram que idosos saudáveis que completaram algumas semanas de aulas e acompanhamento musical, tiveram melhor resultado em testes de memória e raciocínio. As pesquisas descobriram que a música é capaz de contribuir para recuperar memórias armazenadas e, também, a criar novas lembranças.

Quer conhecer ainda mais benefícios sobre tocar ukulele? Dá uma olhada nesse vídeo que o Mateus gravou.

Mas como começar a tocar um instrumento?

Embora a gente tenha falado por aqui que começar cedo gera mais benefícios, qualquer hora é uma boa hora para aprender um instrumento. Em qualquer idade, os ganhos são inúmeros.

Quer começar hoje e ter todos os benefícios da música para o cérebro? Então, vamos indicar que você aprenda a tocar ukulele! Um instrumento simples de entender a teoria e prática, que você pode levar para qualquer lugar.

Para começar, é interessante entrar em uma aula de ukulele. Assim, você consegue aprender da forma correta, sem se atropelar. O professor poderá te ajudar a evoluir mais rápido e, gradualmente, você vai observando seu aprendizado e os ganhos para a sua vida.

Para aprender, você pode fazer parte do nosso Clube do Ukulele. Uma comunidade com milhares de apaixonados pelo instrumento, que trocam conhecimento, músicas e dúvidas. Ao se tornar um membro do Clube, você tem acesso a todos os cursos já criados pela escola Como Tocar Ukulele.

Assim, você paga uma mensalidade que cabe no bolso e pode assistir inúmeras aulas, conferir nossos materiais didáticos, participar de saraus e luaus e muitos outros benefícios.

Quer estimular o cérebro tocando ukulele? Conheça agora o Clube do Ukulele!

clube do ukulele ebook
Clube do Ukulele

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima