erros de iniciantes no ukulele

3 erros mais comuns dos iniciantes no ukulele

Começar a aprender um instrumento do zero nem sempre é fácil e evoluir no aprendizado pode ser ainda mais desafiador. Muitos iniciantes no ukulele que procuram o Como Tocar Ukulele chegam sem entender por que não estão melhorando e querem saber como fazer para avançar de nível.

Ou, ainda, apresentam crenças limitantes, como “ukulele não é pra mim”, “não tenho jeito para tocar”, “meu ukulele está estragado e com o som ruim”.

E foi observando nossos milhares de alunos, que nós identificamos erros muito comuns de serem cometidos e que fazem com isso aconteça. Você talvez esteja começando errado e isso está atrapalhando seu aprendizado.

Quais os erros mais comuns de iniciantes no ukulele?

Se você é um iniciante no ukulele e tem tido dificuldades de evoluir no instrumento e pensou até em desistir de aprender a tocar, provavelmente você está cometendo um ou mais desses erros que vamos mostrar agora:

1º Erro: Escolher um caminho não gradual

Chegar chutando a porta é o caminho que muita gente faz (ou quer fazer) quando começa a aprender um instrumento. É normal, já que a vontade de sair tocando uma música inteira é grande.

Mas para aprender – e seguir aprendendo – é preciso subir um degrau de cada vez. Fazer aulas que seguem um método gradual, que ensine o básico, as técnicas fundamentais, musicalização e outras teorias para, depois, passar para os aprendizados mais difíceis.

Aprender aos poucos te dá disciplina para continuar e motivação, já que você vê resultados constantes, ainda que pequenos.

Mas, como fazer isso?

Faça um curso de ukulele

Procure um curso com professor que saiba ensinar ukulele e que tenha experiência no instrumento e didática de ensino.

Fazer um curso especializado é o melhor caminho para que você aprenda aos poucos, mas sempre evoluindo nas técnicas. O professor vai poder entender as suas dificuldades de perto e corrigir, de forma mais personalizada.

Muitas pessoas que começam a tocar ukulele optam pelo caminho autodidata. E por mais que isso seja também muito interessante, pode ser uma forma mais lenta de aprender e evoluir.

Então, se você tem interesse em fazer um curso de ukulele, nossa dica é conhecer nossa comunidade Clube do Ukulele. Por lá, você tem acesso a cursos completos e com uma metodologia de ensino que já ensinou milhares de pessoas a aprender a tocar bem. No final deste texto, explicaremos melhor sobre o clube.

Aprenda através de livros

iniciantes no ukulele lendo livro

Se você agora não está em condições financeiras para pagar um curso com professor, existem também diversos livros na internet e em bibliotecas que ajudam a aprender as teorias e técnicas do ukulele.

E é claro que a gente tem um livro muito bacana para te ajudar, que se chama “Como tocar ukulele do zero à sua primeira música”. É só clicar e baixar gratuitamente!

Aprenda no YouTube com vídeos para iniciantes no ukulele

Bom, se você não tem como pagar por um curso, existe uma opção de aprender gratuitamente, porém, como falamos, não basta sair assistindo a qualquer vídeo por aí.

Para que você não se perca nesse aprendizado autodidata, siga uma ordem de conteúdos, para que, assim, o aprendizado seja gradual:

  1. Aprenda primeiro os fundamentos: afinar o ukulele, segurar o ukulele, primeiros acordes, batidas e dedilhados mais simples;
  2. Aumente o número de acordes: depois que pegar a base, você começa a explorar músicas com dois acordes, três, quatro e por aí vai. A maior quantidade de acordes vai ser mais difícil porque requer fazer mais movimentos com a mão e trocas mais rápidas durante a música. Então, é bom ficar craque primeiro na técnica e depois avançar.

2º Erro: Não saber fazer a batida no ukulele

Este erro faz com que o som do instrumento fique sempre feio, por mais que você esteja tocando os acordes corretos e no ritmo certo.

Fazer a batida no ukulele é muito mais que bater a mão direita e os dedos sobre as cordas. No ukulele, usamos o dedo indicador para fazer a batida, como se estivéssemos apontando com ele para o corpo do instrumento. Movimentamos a mão e não o braço, como muitas pessoas tendem a fazer.

Além disso, o melhor local para fazer a batida é no braço do ukulele, entre a boca e o final do corpo de madeira. Muitas pessoas costumam fazer na boca e não é aí o local onde o som sai mais bonito.

Neste vídeo, o Mateus, nosso professor, ensina exatamente como fazer a batida no ukulele:

3º Erro: Tentar fazer tudo de uma vez

Iniciantes no ukulele e, principalmente, quem já considera que domina um pouco do instrumento, normalmente cai no erro de tentar fazer tudo de uma vez. Já explico.

Você entra na internet, pega uma cifra de música, assiste a um tutorial na internet. Aí, já quer tocar a música inteira e ainda cantar junto. Isso não vai dar certo, na maioria das vezes.

Faça por partes:

  1. Aprenda a fazer os acordes da música e treine a troca entre eles, sem se preocupar com a batida
  2. Depois, aprenda a batida ou o dedilhado da música. Treine-os sem os acordes.
  3. Agora junte batida e acordes
  4. Por fim, tente cantar a música, depois que dominar o modo de tocar.

Como iniciantes no ukulele podem aprender corretamente?

Falamos por aqui sobre o Clube do Ukulele. Mas, o que é isso?

Bom, o clube é uma comunidade na internet que reúne professores, alunos e entusiastas no ukulele para compartilhar conhecimento no instrumento. Ao fazer parte, você tem acesso a todos os cursos já criados na escola Como Tocar Ukulele e aqueles que ainda serão criados.

Além disso, você pode ter acesso a materiais didáticos, Dicionário de Acordes, pode participar de luaus e saraus, conversar com outros aprendizes, tirar suas dúvidas diretamente com os professores e outros benefícios. Assim, você aprende da melhor maneira e do jeito mais rápido!

Quer saber mais? Acesse o site do Clube do Ukulele e conheça!

clube do ukulele ebook
Clube do Ukulele

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima